segunda-feira, 16 de março de 2009

. Fotos de Crianças e Adolescentes nus.

Fotos de crianças e adolescentes nus, foto com ou sem autorização são temas atuais e certamente preocupam, em particular, a dois candidatos ao conselho de ética: Marcelo Pacheco (Brasil Naturista) e Pedro Ribeiro (Olho Nu).

Se não estou enganado, a antiga Naturis tem um processo em andamento - criminal eu acho - por "publicar fotos de menores de idade sem autorização dos pais, com o agravo (segundo a ótica da justiça brasileira) que as fotos incluídas no processo são fotos de nudez infantil."

Também o código de ética afirma como comportamento inadequado "II.2 Fotografar, gravar ou filmar outros naturistas, sem a permissão dos mesmos."

O próprio ajuste de conduta assinado entre a Colina do Sol (ver em http://www.jornalolhonu.com/jornais/olhonu_n_100/polemica.html) e o Mistério Publico tratam dessa questão. Sem falar que numa reportagem de um evento naturistas ocorrem fotos para ilustrar a matéria.

Em face de tudo que foi lembrado acima pergunto aos dois candidatos Marcelo Pacheco e Pedro Ribeiro como lidam com essas questões no seus respectivos veículos de comunicação? Quais são os cuidados que têm frente a fotos de pessoas presente num evento? Solicitam autorização? Gostaria das suas opiniões, idéias e pensamentos sobre essa questão, assim como de outros candidatos ao conselho de ética.

Ansiosos pela resposta,
Joaquim Salles


De: Renata Freire <rtupyfreire@ >

Caro Joaquim e demais da lista,

O "Assunto Fotos" sempre foi polêmico e esta polêmica é alimentada em muito por aqueles que não gostam ou não podem sair nas fotos como naturistas.

Não conheço muito as regras da profissão de jornalista, reporter, etc com relação às fotos e respectivas autorizações, mas entendo que em todas situações o mais prudente é buscar a autorização por escrito dos expostos no veículo de divulgação ou editar a foto de modo a impedir a reprodução ou a identificação das pessoas expostas.

Não concordo em "taxar" o naturista de qualquer qualificação negativa por não concordar com sua exposição em fotos que circularão em revistas e/ou na internet.

Também acredito que temos muitos naturistas que podem e não se opõem a estas divulgações, como bem mencionado o caso da Carina do Brasil Naturista que sempre está presente na revista e normalmente são os mais procurados para constarem em nossas produções "jornalísticas".

Várias reportagens, inclusive na TV desfocam e impedem a identificação de qualquer pessoa que assim solicite, e ninguém ali está nu...... Em nosso grupo ponderamos a produção de fotos por apenas uma pessoa que inclusive é profissional da área que dá preferência para não identificação direta de ninguém através de recursos fotográficos simples, sem contudo deixar de registrar e mostrar que o movimento é familiar, os locais são escolhidos para favorecer o contato com a Natureza e as relações sociais são totalmente isentas de conotação sexual.

O respeito às pessoas deve prevalecer em todos os seus aspectos e isto faz parte de nossa filosofia de vida naturista. O Papel da Federação seria a mediação de conflitos e regulação geral dos cuidados com as pessoas e especialmente com as crianças. Nestes casos não isento a obrigatoriedade da autorização por escrito dos pais para que não hajam consequências mais sérias como um processo criminal e a busca da solução dos conflitos de modo pacífico sem prejuizo aos envolvidos e ao movimento naturista.

No código de ética consta genericamente todos os registros como comportamento inadequado mas o fato de registrar não inclui obrigatóriamente a exposição do naturista registrado, pois hoje as fotos e filmagens podem ser editadas ou não e não identificar as pessoas envolvidas e também podem nunca serem divulgadas.Devemos sempre buscar a ponderação para avaliar eventuais casos que chegem ao Conselho de Ética para avaliação para não criarmos um clima de perseguição policial com fotografados e fotógrafos.

"Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo"
Mahatma Gandhi


De: Pedro Ribeiro - Jornal OLHO NU <jornalolhonu@>

Olá, Joaquim

respondendo às perguntas e fazendo comentário que tem surgido, digo o seguinte.

Acho que o Naturismo não deve misturar qualquer tipo de atividade de cunho erótico ou adulto com seus locais. O Naturismo ainda é muito iniciante no Brasil e não aguentaria qualquer associação deste tipo. Corre-se o risco, inclusive, de transformar, desta forma, o naturismo uma atividade proibida para menores de 18 anos. A sociedade já vê a nudez com desconfiança e muitos criticam a presença de crianças no naturismo. Enveredar por este caminho, ao contrário do que se prega, seria o seu fim.

Quanto a fotos em áreas naturistas elas devem ser autorizadas pelas pessoas focalizadas como regem as normas de convivência naturista. Mas o problema maior não é a foto em si, mas sua publicação. Já sofri diversas vezes por pessoas que autorizaram as fotos para publicação no ato da fotografia e depois quando a viram no ar, pediram para tirá-las.

O fato é que há poucas pessoas que se dispõem a serem fotografadas no Brasil, pois a grande maioria não aceita integralmente o naturismo nem para si próprio, quanto mais para os outros. Quando vemos milhares de fotos vindo de todas as partes do mundo, sempre me questiono porque por aqui as coisas são tão difíceis.

Acabam sendo fotografados sempre os mesmos, como aconteceu com Celso Rossi e Paula Andreazza na extinta Naturis, ou Marcelo Pacheco e Carina na Brasil Naturista. E por causa disso há críticas de muitos, alguns inclusive que não se deixam fotografar, querendo ver fotos novas e chamando estes "modelos" de narcisistas ou exibicionistas.

Abraços naturais

Pedro Ribeiro


Cesar Fleury

Bom dia Papistas.

Os temas propostos pelo amigo Joaquim, não só interessam ao Conselho de Ética da Federação, mas para qualquer Naturista em solo Brasileiro.A justiça anda caçando com a ajuda da CPI da PEDOFILIA todo e qualquer cidadão que acham que pode ser enquadrado como pedófilo, e neste ponto qualquer naturista pode ser confundido como tal, ou ainda, denunciado por um vizinho com quem tem rixa, somente por possuir fotos de crianças nuas em seu computador ou CD´s na sua residencia.....

O processo ou melhor TAC assinado pela Colina do Sol, infelizmente, não levou em conta qualquer conotação naturista. Faltou ao meu ver um discernimento da diretoria daquele condomínio, antes de assinar o TAC. Uma vez assinado, cumpra-se.

Fotos em revistas, sem a devida autorização, é passível de reclamação,sendo criança ou não, e quando criança tem o agravante do ECA.....

Nosso código de ética, valido na Federação, portando deve valer em TODOS os grupos naturistas, é somente fotografar ou publicar fotos com a devida autorização. O pessoal das revistas reclamam que muitas poucas pessoas deixam a devida autorização, e portanto a divulgação do Naturismo fica comprometido. Os processos já em tramite indicam isto. O Marcelo Pacheco já sofre devido publicar sem a devida autorização as fotos.

Mesmo assim, estando em praia publica, a foto pode ser tirada, no contexto de cenário, e aí como retirar as crianças? Podemos reclamar?Segundo um Juiz amigo meu, sendo em local publico, não cabe reclamação da foto ou filme feito, a não ser que vc seja uma pessoa publica, e talexposição prejudique sobre maneira sua vida pessoal ou profissional. Não cabe indenização, somente a retirada da foto ou filme feito...O pessoal da TV tenho assistido o devido borrão na imagem do rosto, quando se trata de criança..... talvez poderia faze-lo nas revistas.

Eu acredito que a Federação precisa urgentemente brigar pelo NATURISMO BRASILEIRO, nas esferas politicas e nas judiciais. Para isto é bom contratar alguns advogados que queiram nos defender....... , defender o nudismo em famíilia, e as fotos de crianças sem conotação sexual ou sensual.

Podem alguns dizer que as fotos são utilizadas pelos pedófilos, mas eles são doentes, e como tal devem ser tratados na psiquiatria médica. Eles vão continuar procurando fotos, e tirando de nossas crianças, afinal são loucos.......

Para isto é que existe o CONGRENAT, e a FEDERAÇÃO. Vamos discutir, levar as ideias do grupo, e do PAPO NATURISTA estou catalogando algumas quevou defender em nome de nosso grupo, uma vez que lá estarei (na graça de DEUS, mesmo que vá de moto.....).

Um grande abraço a todos, extensivo aos familiares.

Naturalmente

Cesar Fleury

Um comentário:

Silvio disse...

Cesar fiquei encantado com o seu comentario e concordo contigo. Doentes são eles e nós somos punidos por isso. Devemos sim lutar pelos direitos do naturismo em familia.